Rumo à igualdade

      Há algumas semanas, a Bombril trouxe à tona um assunto polêmico. O machismo está inserido na publicidade desde seus primórdios. O homem se considera superior desde a Antiguidade. O preconceito de gênero sempre é direcionado às mulheres, devido a sua. Porém, o que acontece quando o alvo do preconceito é, justamente, o homem?

video

      As publicidades expõem as mulheres ao ridículo, objetivando-as e dizendo que seu lugar é realizando tarefas domésticas. Vemos isso todos os dias, principalmente em propagandas de bebidas alcoólicas, e ninguém parece querer mudar isso. Porém só há problema quando os homens são tratados como inferiores.


      Por isso, levanto a seguinte questão: Por que as mulheres são tratadas com tamanha desigualdade em uma sociedade que se diz tão evoluída?Em pleno século XXI, ainda há pessoas que insistem na crença de inferioridade feminina, e isso nos leva a outra pergunta: Por que? Por que a mulher é inferior perante o homem? Por que o homem é tão superior? Por que as pessoas insistem com essa ideia ridícula e sem cabimentos? Peço desculpas por tantas perguntas as quais não posso responder. O meu único intuito, querido leitor, é tentar causar uma reflexão. Uma reflexão acerca do ponto em que a sociedade chegou. Uma reflexão sobre como você se posiciona em relação a forma que as publicidades tratam a mulher. Porque não importa se você é do sexo feminino ou masculino, o que realmente importa é a percepção de que o que estão fazendo é errado. Foi necessário o homem ser o alvo de toda essa humilhação para que a sociedade passasse a questionar o modo como cada gênero é tratado na mídia. E esse questionamento realmente tem de ser levantado, porque as palavras também ferem.


      Temos que parar com os estereótipos de que cada gênero desempenha apenas uma função própria. O homem não é superior à mulher. A mulher não é superior ao homem. Não há gênero superior ou inferior. Todos são igualmente importantes. Temos que lutar pela igualdade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário